BORDADO DE BAINHA ABERTA

Com o bordado de bainha aberta, o tecido se transforma em uma delicada peça renda. Para fazer, você precisa de uma peça de trama reta (cânhamo, étamine, linho, cambraia de linho) e um fio de linha da cor do próprio tecido ou com cores diversas. 
Inicia-se desfiando parte da peça, de acordo com o desenho planejado. Esse processo é seguindo por uma sequência de movimentos com uma agulha sem ponta que, num bailado, entra, sai, amarra e solta as tramas do tecido, formando lindos padrões.
Se for iniciante, comece com pontos mais simples e vá seguindo para modelos mais complexos. A internet está cheia de moldes e pequenos tutoriais, ensinando uma infinidade de traços. O desenho pode envolver todo o tecido ou apenas uma barra ou moldura. 
O bordado de bainha aberta pode ser utilizado em panos de lavabo, toalhas, caminho de mesa, vesturário, panos de bandeja, roupas de cama, cortinas etc. Esta é uma das técnicas preferidas da artesã Creuza, do empreendimento solidário GRAII, localizado no município de Vera Cruz. Se ainda não a conheceu, clica no destaque ao lado e dá uma espiada. Você vai se apaixonar.